G2-NOVO
Florianópolis

Maternidade referência estadual no tratamento da endometriose está sem cirurgião

Cerca de 30 mulheres estão na fila aguardando a cirurgia.

20/05/2019 19h14Atualizado há 1 ano
Por: Diego Salmon Franke
Fonte: Suzana Rigo
227
Saretta, que é presidente da Comissão de Saúde da Alesc.
Saretta, que é presidente da Comissão de Saúde da Alesc.

O deputado Neodi Saretta fez um pedido ao Secretário de Estado da Saúde para que contrate médico cirurgião do aparelho digestivo para atender na Maternidade Carmela Dutra, em Florianópolis. A maternidade é referência, em Santa Catarina, no tratamento da endometriose e não tem cirurgião do aparelho digestivo para compor a equipe cirúrgica para tratar a endometriose. Cerca de 30 mulheres estão na fila aguardando a cirurgia. 

Saretta, que é presidente da Comissão de Saúde da Alesc, também está pedindo a manutenção dos aparelhos de diagnóstico por imagem da Carmela Dutra. Eles não estão sendo usados nas pacientes por falta de manutenção.