FRANGO CHEFE BANNER
Concórdia

Justiça revoga prisão de rapaz suspeito de ter colocado fogo na própria residência

Conforme a Justiça, não haveria provas que pudessem incriminar o rapaz.

23/06/2019 14h08
Por: Diego Salmon Franke
Fonte: Rádio Aliança
Conforme a defensora, o laudo do IGP apontou como inconclusiva.
Conforme a defensora, o laudo do IGP apontou como inconclusiva.

A Justiça da Comarca de Concórdia revogou a prisão preventiva de rapaz, apontado como suspeito de ter incendiado a própria residência, na Marcelino Ramos. A decisão judicial foi proferida na última sexta-feira, dia 21. No último dia 14, houve a Audiência de Instrução e Julgamento, onde o Ministério Público pediu a absolvição do suspeito por falta de provas. As informações são da advogada Camila Raquel Hilgert.

 

 

Conforme a defensora, o laudo do IGP apontou como inconclusiva a causa do incêndio e isso foi o principal argumento da defesa e que foi acatada pela Justiça.

 

De acordo com as informações o rapaz teria supostamente ateado fogo na residência por volta das 8h30 do dia sete de março deste ano. No imóvel de dois pavimentos, somente o andar superior foi parcialmente destruído pelas chamas. O fogo fez com que uma parte do telhado caísse.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.