G2-NOVO
Palhoça

Preso tinha 42 objetos ilícitos de dentro do estômago, e morre após cirurgia

Homem escondia oito celulares, substâncias suspeitas embaladas e até cabos de celular

09/07/2019 07h57Atualizado há 3 meses
Por: Julio Blas
Fonte: g1
 Divulgação Deap/SC
Divulgação Deap/SC

Um homem de 30 anos morreu no último sábado, dia 6, após passar por cirurgia para retirar 42 objetos ilícitos de dentro do corpo. De acordo com o Departamento de Administração Prisional (Deap), o homem foi flagrado com os objetos na última quarta-feira, dia 3, na Colônia Penal Agrícola de Palhoça, na Grande Florianópolis. 

Segundo o Deap, o homem que morreu era Maicon Mafroletti Pereira, e estava retornando de saída temporária quando foi revistado pelos agentes. Ele cumpria pena desde 2012 por tráfico de drogas. 

No estômago dele foram encontrados oito celulares, seis placas eletrônicas, 23 invólucros com substâncias suspeitas, duas embalagens de papel de seda e três cabos para celular. 

O Deap não esclareceu que tipo de procedimento cirúrgico o detento passou e em qual hospital.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.