G2-NOVO
Futebol

Em Concórdia, prefeito assinou decreto proibindo a retomada dos treinamentos esportivos

Portaria do governo do Estado liberou os treinos de jogadores profissionais e amadores, na última segunda-feira, mas entendimento do município é de que o cenário ainda não permite a prática

12/05/2020 18h28
Por: Diego Salmon Franke
Fonte: Polidoro Júnior
127
O prefeito Rogério Pacheco afirma que a restrição será aplicada por sete dias
O prefeito Rogério Pacheco afirma que a restrição será aplicada por sete dias

Prefeito Rogério Luciano Pacheco entende que o momento não é para afrouxar a corda e justifica tal medida para preservar a saúde dos atletas, dirigentes e demais envolvidos. O decreto 6.516 tem validade por 7 dias e ao término deste a situação será avaliada.

Com isso, os jogadores do Concórdia seguirão treinando em suas residências, mesmo com uma liberação estadual publicada no Diário Oficial por parte da Secretaria de Estado da Saúde, que permite a retomada aos treinos nos clubes (ou nos Centros de Treinamento), com as devidas restrições.

Para a rádio Aliança 750 AM, o prefeito Rogério Pacheco comentou: “Precisamos preservar a saúde destes desportistas e entendemos que ainda não chegou o momento de flexibilizar. É preciso ter cautela e a prática esportiva automaticamente reúne pessoas e gera contato físico”.

O Concórdia renovou o contrato de 12 jogadores e recebeu dois jogadores por empréstimo da Chapecoense, totalizando 14 atletas profissionais. Concórdia x Tubarão disputarão o rebaixamento em jogos de ida e volta. Somente um clube vai ser rebaixado.