G2-NOVO
Bombeiros

Defesa Civil analisa imagens de satélites após suspeita de tornado ter atingido a região de Descanso

Os meteorologistas estão analisando imagens dos radares meteorológicos e do levantamento de danos

11/06/2020 13h48
Por: Diego Salmon Franke
Fonte: ND+
85
Nesta quarta-feira (10) o sistema meteorológico avançou pelo território catarinense com fortes tempestades e vento intenso.
Nesta quarta-feira (10) o sistema meteorológico avançou pelo território catarinense com fortes tempestades e vento intenso.

Desde a última terça-feira (09) um sistema de baixa pressão está provocando fortes temporais em algumas regiões de Santa Catarina. Foram registrados grandes volumes pluviométricos que provocaram alagamentos e deslizamentos. A Defesa Civil de Santa Catarina (DCSC) se colocou a disposição dos municípios afetados. Foram registradas ocorrências em São Lourenço do Oeste, Canoinhas, Xanxerê, Irineópolis e Seara.

Nesta quarta-feira (10) o sistema meteorológico avançou pelo território catarinense com fortes tempestades e vento intenso. Ocorreram danos em Ipuaçu, Campos Novos, Coronel Freitas, Águas de Chapecó, São Carlos, Nova Itabeiraba, Saudades, Cunha Porã, Irani, Iporã do Oeste.

A situação mais grave foi registrada por volta das 17h15 nos municípios de Belmonte e Descanso, sendo o segundo com maior gravidade. Informações preliminares apontam que ventos intensos destruíram residências, uma escola, um ginásio e galpões. A tempestade também derrubou árvores e postes de energia elétrica, diversas famílias ficaram desalojadas que foram abrigadas na casa de parentes.

Logo após a ocorrência técnicos das defesas civis dos municípios e do Estado foram deslocados para prestar apoio. Até o momento foram distribuídos em Descanso, Belmonte e Ipuaçu 17 rolos de lona, 727 telhas, 17 colchões de casal e sete de solteiro.

Os levantamentos estão sendo realizados, mas apenas poderão ser concluídos durante a quinta-feira (11) devido a distância de algumas comunidades e a dificuldade de acesso em função de postes e árvores que interromperam os acessos. A Defesa Civil de Santa Catarina permanece de plantão para prestar o apoio aos municípios atingidos.

 

O Sistema de Monitoramento da DCSC emitiu alertas para a região atingida e acompanha a situação. Os meteorologistas estão analisando imagens dos radares meteorológicos e do levantamento de danos para definir o que ocorreu em Belmonte e Descanso. Existe a suspeita de possível tornado ou micro explosão, mas o fenômeno apenas poderá ser classificado após uma avaliação que será realizada durante a manhã de desta quinta-feira (11) nos locais atingidos.