G2-NOVO
Futebol

Delegação do Concórdia retorna do sul do Estado sem jogar

Catarinense para por 14 dias devido ao coronavírus.

13/07/2020 18h30
Por: Diego Salmon Franke
Fonte: Rádio Rural
235
O Campeonato Catarinense deverá retornar somente no dia 26.
O Campeonato Catarinense deverá retornar somente no dia 26.

A delegação do Concórdia Atlético Clube iniciou na tarde da segunda-feira(13) o retorno do sul do Estado. O confronto com o Tubarão pelo mata-mata do descenso do Catarinense, que seria nesta terça-feira, foi cancelado. A rodada de volta das quartas-de-final, que seria no final de semana, já havia sido cancelada. Num primeiro momento o jogo do Galo do Oeste seria em Tubarão. Depois foi marcado para Criciúma onde também ocorreu proibição por parte da Administração Municipal. A delegação do CAC ainda ficou por mais algumas horas aguardando orientações. 

Tubarão e Concórdia precisam, em mata-mata, definir quem cai e quem fica na elite do Estadual. O jogo da volta em Concórdia seria no próximo domingo. O Campeonato Catarinense deverá retornar somente no dia 26. 


NOTA COMUNICAÇÃO GOVERNO DO ESTADO:
Equipes da Superintendência de Vigilância em Saúde (SUV) da Secretaria de Estado da Saúde (SES) conversaram na tarde desta segunda-feira (13) com representantes da Federação Catarinense de Futebol e dos clubes para definir ações sobre o possível retorno do campeonato estadual. O secretário adjunto da Saúde, Aldo Baptista Neto, participou da conferência e ouviu as demandas dos clubes e explicou detalhes sobre as medidas da portaria 466 que determinaram a suspensão do certame por 14 dias. 

Foi definido que o Campeonato Catarinense continua suspenso pelos próximos 14 dias e criada uma comissão de médicos dos clubes para avaliar a adoção de protocolo mais rígido, com o objetivo de garantir a segurança a funcionários e atletas dos clubes. As atividades do grupo, que conta com a participação de infectologistas da SES, começam nesta terça-feira. “É uma doença nova, com suas nuances e riscos diante de contato. Por isso, estaremos avaliando com esse grupo as medidas adotadas daqui para frente para atender aos clubes, garantido toda segurança aos funcionários e familiares”, disse Raquel Bittencourt, superintendente de Vigilância em Saúde da SES.

FOTO RICARDO ARTIFON\ CONCÓRDIA