G2-NOVO
Politica

Vaza áudio de ex vereador de Concórdia com Xingamentos a população do Município

Nota de repúdio deve ser lançada pela Câmara de Vereadores

20/07/2020 20h07Atualizado há 3 semanas
Por: Diego Salmon Franke
Fonte: Atual Fm
150
Tema foi debate da Câmara de vereadores
Tema foi debate da Câmara de vereadores

Partes da fala do ex-vereador e ex-presidente da Câmara de Vereadores de Concórdia, Tchê Mendes, que foram viralizadas através do aplicativo de conversa, Whatsapp, dominaram a Sessão da Câmara de Vereadores de Concórdia. A primeira Sessão Ordinária aconteceu na manhã desta segunda-feira, dia 20. Essas partes das conversas, que aparentemente eram para ser entre duas pessoas e que foram compartilhadas, mostraram o ex-vereador, na visão dos parlamentares, falando mal da cidade e da população de Concórdia. O assunto foi tratado pelos vereadores da bancada do Partido Liberal, o PL.

 

O vereador Artêmio Ortigara foi mais além e sugeriu para que o ex-vereador, Tchê Mendes, seja declarada como persona non grata, em Concórdia. A expressão, de origem latina, significa de forma literal que é "pessoa não agradável", "não querida" ou "não bem-vinda". "Ele usufriu das benesses do município, que lhe deu trabalho e a oportunidade de constituir família", disse ortigara.

 

Por sua vez, o vereador Anderson Guzzatto teceu críticas ao ex-presidente da Câmara de Vereadores, Tchê Mendes. "O quadro dele não deveria nem estar na galeria de ex-presidentes (...), como vereador ele foi um ótimo radialista".

 

Enfim, o vereador Claiton Casagrande destacou que foram vazados fragmentos de uma conversa através do whatsapp e disse ter dúvidas sobre o que pode ter motivado o que ele considera como ofensas. "Me sinto perplexo, já que mais de 70 mil pessoas foram ofendidas sem saber o que aconteceu", finaliza.