G2-NOVO
Polícia

Autor de tentativa de feminicídio contra Ingra Ohana vai a júri popular por decisão da Justiça

Ingra foi atingida por 23 golpes de faca, ficou internada entre a vida e a morte, mas sobreviveu.

27/07/2020 19h52
Por: Diego Salmon Franke
Fonte: Atual Fm
143
Maico segue recolhido no Presídio Regional de Concórdia aguardando os desdobramentos do caso.
Maico segue recolhido no Presídio Regional de Concórdia aguardando os desdobramentos do caso.

O jornalismo da Atual FM obteve com exclusividade o acesso a uma decisão proferida nesta segunda-feira, dia 27, que determina julgamento popular para o autor de uma tentativa de feminicídio contra Ingra Ohana de Vargas. O crime aconteceu no dia 4 de fevereiro, às 22h30, na área central de Concórdia.

Com a decisão, Maico Cavallieri, autor das agressões, deverá ser levado a julgamento através do julgamento popular. A defesa, agora, terá um prazo para recorrer da decisão, sendo que somente após esgotar o prazo, e se a decisão de primeira instância for mantida, a data da sessão será marcada.

Maico segue recolhido no Presídio Regional de Concórdia aguardando os desdobramentos do caso. O juiz Ildo Fabris Júnior acatou a denúncia do Ministério Público que acusou Maico Cavallieri por homicídio qualificado na forma tentada por motivo torpe, emprego de meio cruel, e utilização de meio que dificultou a defesa da vítima.

Na época o caso ganhou grande repercussão estadual. Ingra foi atingida por 23 golpes de faca, ficou internada entre a vida e a morte, mas sobreviveu.