G2-NOVO
Polícia

Comissão de Direitos Humanos intervém e fará parte de investigação sobre a morte de Renan Colombo

Ele foi morto com disparo de arma de fogo durante uma ocorrência no interior de Água Doce no momento que a Polícia Militar Ambiental fazia uma verificação de denúncia de caça.

27/08/2020 14h57
Por: Diego Salmon Franke
Fonte: Atual Fm
98
Neste caso específico, a comissão teve o entendimento de que possivelmente ocorreu exagero na ação dos policiais, por isso a intervenção.
Neste caso específico, a comissão teve o entendimento de que possivelmente ocorreu exagero na ação dos policiais, por isso a intervenção.

 A Comissão de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Concórdia também vai participar da investigação da morte do concordiense Renan Colombo. Ele foi morto com disparo de arma de fogo durante uma ocorrência no interior de Água Doce no momento que a Polícia Militar Ambiental fazia uma verificação de denúncia de caça.

A comissão da subseção de Santa Catarina vem atuando nos casos que há possível excesso na ação policial. Ela atua de forma imparcial para que a corporação dê a devida punição, caso sejam constatados. Neste caso específico, a comissão teve o entendimento de que possivelmente ocorreu exagero na ação dos policiais, por isso a intervenção.

O objetivo da comissão não é culpar a polícia pelo ocorrido, mas sim investigar e punir os responsáveis caso as irregularidade sejam constatadas. Nas últimas horas uma reconstituição do caso foi realizada também pelo Instituto Geral de Perícias e Polícia Civil(foto).