G2-NOVO
Eleições 2020

Candidato à reeleição em Marema, Barella sofre ameaças e é coagido por adversários políticos

Prefeito de Marema foi ameaçado na noite de sábado (24) em um posto de combustíveis da cidade.

26/10/2020 10h59
Por: Diego Salmon Franke
Fonte: Lê Notícias
130
Apesar do ocorrido, o prefeito Adilson Barella seguirá com a agenda de visitas e ações de campanha
Apesar do ocorrido, o prefeito Adilson Barella seguirá com a agenda de visitas e ações de campanha

O MDB de Marema emitiu nota oficial para lamentar e manifestar profunda indignação com atos de coação, agressão, bloqueio e impedimento do livre direito de expressão democrática. Neste sábado (24), o prefeito e candidato a reeleição Adilson Barella - ao chegar por volta das 20h, em um posto de combustível em Marema, para abastecer o veículo - foi interceptado (enquanto aguardava para efetuar o pagamento), por um homem que estava junto com um grupo de simpatizantes partidários adversário.

O referido homem, dirigiu-se ao candidato Barella, coagindo-o e agredindo-o verbalmente, com palavras de baixo calão. Conforme populares, o homem apresentava visíveis sinais de embriaguez. Barella afirmou que não queria confusão e não pretendia conversar, mesmo assim, o homem, tentou agredi-lo fisicamente, sendo necessário e não restando outra alternativa no momento ao candidato Barella, do que defender-se das agressões.

O MDB de Marema lamenta profundamente o ocorrido. O partido afirma que realiza a Campanha Somos todos Marema, baseada em propostas fundamentadas e preservando o respeito, à ética e à livre expressão dos mais diferentes pensamentos.

“Acreditamos que atitudes como essa, são prejudiciais e comprometem todo o processo democrático.”

Apesar do ocorrido, o prefeito Adilson Barella seguirá com a agenda de visitas e ações de campanha, ressaltando que acima de tudo está o respeito e propostas de ações que realmente promovam o desenvolvimento social e econômico do município.