G2-NOVO
Cidades

Amauc diz que todos seus municípios prestam contas de ações e gastos com a Covid

Nota lançada nesta quarta-feira.

05/11/2020 12h04
Por: Diego Salmon Franke
Fonte: Belos Fm
44
 Conforme a Amauc, os municípios estão procedendo as adaptações para que as publicações sejam feitas no formato que atenda da melhor forma as exigências da CGU.
Conforme a Amauc, os municípios estão procedendo as adaptações para que as publicações sejam feitas no formato que atenda da melhor forma as exigências da CGU.

Recentemente, a Rede de Controle de Gestão Pública de Santa Catarina, órgão criado para que as prefeituras possam prestar contas das ações e dos gastos em relação ao enfrentamento da pandemia de coronavírus, publicou a situação de cada município no que se refere à transparência nas informações à sociedade. Conforme a Rede, que tem entre seus integrantes membros do Tribunal de Contas, Ministério Público e Polícia Federal, sob coordenação da Controladoria Geral da União (CGU), poucas cidades cumprem integralmente as orientações na prestação de contas. Na Amauc, apenas dois municípios cumpririam fielmente as exigências.

Nesta quarta-feira, 4 de novembro, a Associação dos Municípios do Alto Uruguai Catarinense publicou nota informando que todos os municípios da região possuem em seus Portais de Transparência informações sobre as ações relacionadas à Covid-19. “Todos os municípios que integram a Amauc, sem exceção, possuem em seus Portais de Transparência as informações sobre os gastos relacionados à Covid-19 e demais despesas relacionadas à Saúde. No entanto, por questões técnicas de suporte, a maioria dos municípios não conseguiu adaptar seus sistemas no formato sugerido pela Controladoria Geral da União, tanto é que, segundo a Rede, apenas 8% dos municípios de Santa Catarina cumprem integralmente as publicações no formato proposto”, diz a nota.

Ainda segundo a nota divulgada pela Amauc, assinada pelo presidente Emerson Reichert e pelo assessor contábil Vanderlei Picinini, “os municípios citados que não cumprem total ou parcialmente já se manifestaram junho à CGU e prestaram esclarecimentos, inclusive com o envio de print das telas do Portal de Transparência do município com todas as publicações realizadas e que estão disponíveis, como os processos administrativos, compras, contabilidade e recursos humanos, entre outros”.

Conforme a Amauc, os municípios estão procedendo as adaptações para que as publicações sejam feitas no formato que atenda da melhor forma as exigências da CGU.