G2-NOVO
Eleições 2020

Justiça Eleitoral quer imagens de posto de combustível de Irani após denúncia de compra de votos

O caso foi registrado neste final de semana na Justiça Eleitoral que determinou que imagens do circuito interno do posto de gasolina sejam repassadas ao judiciário.

15/11/2020 11h05Atualizado há 3 semanas
Por: Diego Salmon Franke
Fonte: Atual Fm
150
Alguns motoristas teriam ido ao posto e abastecido os veículos, porém não pago pela gasolina.
Alguns motoristas teriam ido ao posto e abastecido os veículos, porém não pago pela gasolina.

 A Justiça Eleitoral irá apurar mais informações sobre um encaminhamento dado por uma coligação de Irani que protocolou uma representação para investigar possível compra de votos com o repasse de combustível. 

O caso foi registrado neste final de semana na Justiça Eleitoral que determinou que imagens do circuito interno do posto de gasolina sejam repassadas ao judiciário que irá analisar as suspeitas. A Justiça Eleitoral irá analisar as imagens para dar sequência a investigação.

Alguns motoristas teriam ido ao posto e abastecido os veículos, porém não pago pela gasolina. São denúncias de supostas ilegalidades que serão ainda analisadas mais detalhadamente pela Justiça Eleitoral.