G2-NOVO
Covid-19

Região de Xanxerê continua em Risco Gravíssimo de acordo com nova atualização

Governo do Estado divulga nova matriz de risco com três regiões em estado gravíssimo

18/11/2020 14h10
Por: Diego Salmon Franke
Fonte: Tudo Sobre Xanxerê
94
Xanxerê e região continuam em alerta em relação a transmissibilidade do vírus que se mantém alta.
Xanxerê e região continuam em alerta em relação a transmissibilidade do vírus que se mantém alta.

O Governo de Santa Catarina, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, divulgou nesta quarta-feira (18), os dados da Matriz de Risco Potencial. Com a atualização, três regiões foram classificadas com o Risco Gravíssimo (cor vermelha), uma dela é a região de saúde de Xanxerê, que já havia chegado a esse nível na semana passada. Outras 13 estão em Risco Grave (cor laranja) em relação ao novo coronavírus.

Pelos dados levantados nesta semana, no comparativo com o boletim anterior divulgado no dia 11, a única região que continuou no patamar Gravíssimo da Matriz é a de Xanxerê. Grande Florianópolis voltou para a cor laranja, que corresponde a Risco Grave. No entanto, duas regiões (Alto Uruguai e Laguna) subiram do Risco Grave (laranja) para o Risco Gravíssimo (vermelho).

Xanxerê e região continuam em alerta em relação a transmissibilidade do vírus que se mantém alta. O grande do número de casos dificulta ações de vigilância e monitoramento de casos e contatos. Neste cenário é necessário aplicar ações que reduzam o contato entre as pessoas como a restrição do funcionamento de atividades.

Outro alerta é quanto a ocupação de leitos de UTI, fator preocupante no município, visto que o Hospital Regional São Paulo chegou a sua capacidade máxima de lotação e registrou mais um óbito nesta quarta-feira. Atualmente o hospital está com 15, dos 16 leitos, ocupados.