G2-NOVO
Covid-19

Secretários alertam para colapso no sistema de saúde em SC

Nota afirma que nem o Estado e os municípios tem estrutura suficientes para atender nova onda.

26/11/2020 11h27
Por: Diego Salmon Franke
Fonte: RCN
78
Para tentar frear o avanço da pandemia, o Cosems/SC sugere que o Executivo adote providências com base em orientações científicas, como medidas restritivas para aumentar o isolamentos social.
Para tentar frear o avanço da pandemia, o Cosems/SC sugere que o Executivo adote providências com base em orientações científicas, como medidas restritivas para aumentar o isolamentos social.

O Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de SC (Cosems/SC) divulgou uma nota em que mostra preocupação com o cenário de avanço da pandemia de Coronavírus no Estado. Segundo os secretários, o sistema de saúde em Santa Catarina estaria em risco de um “eminente colapso”, e “nem Estado e, menos ainda, os municípios dispõem de equipes suficientes para atender” o número crescente de pacientes. 

Uma das justificativas para o alerta é o aumento no número de regiões em risco gravíssimo para Covid, que subiu para 13 nesta semana. Além disso, os secretários também destacam que, ao mesmo momento em que mais de 80% das UTIs estão ocupadas, o governo do Estado tem se preocupado com flexibilizações como a volta às aulas, o que poderia acelerar ainda mais o contágio em território catarinense.

Para tentar frear o avanço da pandemia, o Cosems/SC sugere que o Executivo adote providências com base em orientações científicas, como medidas restritivas para aumentar o isolamentos social. 

Os secretários pedem ainda que o governo do Estado volte a fazer campanhas nos veículos de comunicação e redes sociais para conscientizar a população a adotar práticas de higienização, de atenção para o distanciamento e do uso de máscaras, e também, que a população colabore e siga as recomendações das autoridades.