G2-NOVO
Politica

Após ser absolvido no primeiro processo de impeachment em Santa Catarina, Carlos Moisés anuncia novos secretários

Segundo Moisés, além de “fazer política”, nesse período afastado, ele e sua equipe projetaram os “próximos dois anos.

28/11/2020 12h02
Por: Diego Salmon Franke
Fonte: G1
73
 Moisés abordou planejamentos para os próximos dois anos de governo.
Moisés abordou planejamentos para os próximos dois anos de governo.

 Após ser absolvido no tribunal especial de julgamento do primeiro pedido de impeachment nesta sexta-feira (27), Carlos Moisés da Silva (PSL) retornou ao cargo de governador de Santa Catarina e comunicou mudanças no governo em coletiva de imprensa.

Ele anunciou o novo chefe da Casa Civil, Eron Giordani, que atualmente é chefe de gabinete do deputado Julio Garcia (PSD), presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) e o jornalista Jefferson Douglas como Secretário de Comunicação.

Outra mudança é na Procuradoria-Geral do Estado (PGE), com Alisson de Bom de Souza, que retorna ao cargo de procurador. Ele foi uma das mudanças que ocorreram durante a gestão de Daniela Reinerh (sem partido) como governadora interina.

Luiz Dagorberto Corrêa Brião havia sido nomeado procurador em 29 de outubro por Daniela. Já na Casa Civil, Ricardo Miranda Aversa era o chefe, anunciado por Daniela assim que assumiu interinamente.

Segundo Moisés, além de “fazer política”, nesse período afastado, ele e sua equipe projetaram os “próximos dois anos de governo”, e iniciou a coletiva falando sobre o que denominou “arrumação da casa”.

Em seguida, Moisés abordou planejamentos para os próximos dois anos de governo. Ele falou em três prioridades: infraestutura, crise hídrica e recuperação econômica.