G2-NOVO
Futebol

Argentino D’Alessandro pode jogar na Chapeconse

Ídolo Colorado pode reforçar a Chapeconse em 2021

20/12/2020 22h17
Por: Diego Salmon Franke
Fonte: Tudo Sobre Xanxerê
300
Oficialmente, no entanto ambas as partes não pretendem se manifestar publicamente, pelo menos até que ocorra a confirmação da Chapecoense na Série A.
Oficialmente, no entanto ambas as partes não pretendem se manifestar publicamente, pelo menos até que ocorra a confirmação da Chapecoense na Série A.

O último jogo de D’Alessandro com a camisa do Inter-RS na vitória sobre o palmeiras pode ter sido a despedida do argentino do colorado, mas não do futebol.  Ele já deixou claro que pretende jogar pelo menos mais um ano. E o seu destino em 2021 pode estar bem próximo de Porto Alegre.

Segundo o relato de um xanxerense, que mora e trabalha em um restaurante na capital gaúcha e se tornou amigo de D’Alessandro, a próxima camisa do craque argentino pode ser verde, pode ser da CHAPECOENSE. Por razões pessoais pediu para não ter sua identidade revelada. Segundo ele, D’Alessandro confirmou que já autorizou seus assessores a tratar do assunto com a chapecoense, onde ele aceitaria jogar por pelo menos um ano. A confirmação estaria condicionada a confirmação de que a chape irá disputar a série A do campeonato Brasileiro em 2021.

Inicialmente a possibilidade parece ser um sonho do torcedor chapecoense, diante da questão financeira, pois o salário do jogador hoje passa dos 500 mil mensais, no entanto D’Alessandro teria dito que isso não seria um problema, já que gostaria de jogar na chapecoense independente da questão salarial, pois tem sua vida financeira resolvida.

Segundo relato da conversa que o xanxerense teve com o amigo D’Alessandro, o argentino pretende continuar morando em Porto Alegre, onde seus filhos estudam e a mulher trabalha. Com isso ele quer jogar em uma equipe que tenha sede o mais próximo possível de casa.  A preferência pela chapecoense se deve também ao carinho que o jogador tem pelo Verdão do Oeste, principalmente após a tragédia da queda do avião, na ocasião Dale chegou a fazer um jogo beneficente para ajudar as famílias dos jogadores que foram vítimas no acidente. Desde então, ele se preocupa e tem uma grande simpatia e torce pela Chapecoense.

A operação que pode fazer D’Alessandro vestir a camisa 10 da chapecoense não é simples, mas pode ser viabilizada. Pelo que apurou o TSX, o argentino aceitaria receber o teto salarial da chape e teria direito a negociar patrocínios exclusivos e utilizar a marca da equipe em outras ações e empreendimentos no Brasil e também no exterior. Em troca, além de entrar em campo e ajudar a equipe, seria também o grande embaixador e garoto propaganda, o que poderia trazer mais sócios torcedores, aumentar a venda de camisetas e ainda atrair novos investidores.

Oficialmente, no entanto ambas as partes não pretendem se manifestar publicamente, pelo menos até que ocorra a confirmação da Chapecoense na Série A. Se isso vai mesmo sair do papel e se concretizar ou ficará apenas em um sonho de verão para a torcida da chape, veremos nos próximos capítulos.