G2-NOVO
COVID-19

Em coletiva de imprensa Secretário de Estado da Saúde André Motta Ribeiro afirma que nova variante já está em 63% de SC

Coletiva de imprensa na Prefeitura de Concórdia

06/03/2021 14h43
Por: Diego Salmon Franke
Fonte: Prefeitura de Concórdia
156
Pedido foi feito ao secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, que esteve em Concórdia neste sábado, 6
Pedido foi feito ao secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, que esteve em Concórdia neste sábado, 6

O prefeito de Concórdia, Rogério Pacheco, recebeu neste sábado, 6, o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro. Ele veio conhecer a realidade do município e da região no enfrentamento à Covid-19. A primeira reunião foi no Centro Administrativo, onde ao lado do presidente do CIS-AMAUC, Edemilson Canale, foi solicitada a reabertura do hospital de Irani, que tem 40 leitos, e seria um importante apoio para pacientes, que não estão em situação grave.

O secretário determinou que a sua equipe verifique imediatamente a situação da instituição. 

Pacheco fez uma explanação sobre todas as medidas que Concórdia tem tomado, desde o início da pandemia e as ações mais recentes, sempre atuando em parceria e com o apoio do Hospital São Francisco. "Além de recursos financeiros, o município está cedendo pessoal.

Temos um credenciamento aberto, para em breve, colocar outros profissionais à disposição.

Aguardamos apenas, a manifestação formal do hospital", informou o prefeito. Segundo ele, os profissionais da saúde têm feito um grande trabalho. “Mesmo muitos estando no limite, não estão fugindo da sua responsabilidade. Então é importante a sociedade dar a sua contrapartida e se cuidar mais", solicitou o prefeito. 

Mais leitos

Rogério Pacheco voltou a defender a necessidade de mais leitos de UTI e enfermaria para o município, pois o hospital é referência na região.

O secretário informou, que de parte do Estado é possível, e se comprometeu em repassar mais recursos e equipamentos. André Motta Ribeiro disse que o Hospital São Francisco precisa aumentar as vagas imediatamente e que todo custeio que precisar será viabilizado pelo governo.

Variante 

O secretário também destacou que a batalha contra a doença ainda será longa e que é preciso diminuir a circulação de pessoas e trabalhar com a iniciativa privada formas de colaboração, principalmente para se evitar o aumento do contágio. "A região precisa estar preparada para tentar evitar ao máximo o que já ocorreu em cidades próximas, destacando que a nova variante do vírus já está presente em mais de 63% do território catarinense”.

Parceria

O prefeito Rogério Pacheco avaliou como muito positiva a vinda do secretário à Concórdia. "A presença do Estado neste momento, nos dá a segurança de que temos um parceiro muito importante e um canal aberto para enfrentarmos este grande desafio, que é o combate ao vírus”, considerou. Prefeito reforçou por várias vezes, que as pessoas também precisam fazer a sua parte, caso contrário não haverá estrutura capaz de atender a demanda.