G2-NOVO
Esportes

Concórdia pleiteia os Jogos Abertos de Santa Catarina em 2023 ou 2024.

Município sediou pela última vez a competição no ano de 1997.

16/03/2021 10h54Atualizado há 4 semanas
Por: Diego Salmon Franke
Fonte: Voz da Cidade\Diego Franke
60
Município manifesta intenção para se candidatar para receber a fase estadual da competição
Município manifesta intenção para se candidatar para receber a fase estadual da competição

A realização de uma Fase Estadual dos Jogos Abertos de Santa Catarina em Concórdia voltou à pauta na Administração Municipal. As tratativas para tentar trazer a maior competição poliesportiva de Santa Catarina para a Capital do Trabalho iniciou nas últimas semanas. A intenção é candidatar a cidade para receber a competição em 2023 ou 2024.

 

A última vez que Concórdia sediou uma edição dos Jasc foi no ano de 1997. Desde então, o município se candidatou em outras duas oportunidades, perdendo a disputa para Chapecó, em 2009; e nesse ano, em Jaraguá do Sul.

O secretário Municipal do Desporto e Cultura, Alexandre Trevisan Schneider, afirma desde que assumiu a pasta o prefeito Rogério Pacheco lhe concedeu a missão de trazer a fase final dos Jasc para o município.

Neste momento, está sendo levantado um relatório com informações do município, para levar os novos gestores da Fesporte como estrutura e demais dados.

Alexandre Trevisan Schneider afirma que a negociação para trazer os Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), é uma negociação complicada tendo em vista interesses políticos, sendo o conselho estadual de esportes é quem escolhe o município a ser a sede do evento.

Cidades como: Florianópolis e Videira estão se preparando para sediar em 2023 ou 2024 a competição.

Confira outros pontos da entrevista:

 

Estrutura Esportiva:  Na última candidatura, o município recebeu a melhor nota entre os as cidades que disputavam a sede, necessitando apenas de alguns reparos nas estruturas esportivas.

Porque é importante sediar a competição? 

Melhoras nas estruturas esportivas, o trabalho social das escolinhas esportivas, outro ponto é a sinalização de investimentos nas equipes que irão disputar os Jasc, as modalidades se sentem motivadas da possibilidade em disputar a competição em casa,  se sentirem prestigiadas pela administração municipal.

Sobre os Jasc:

Os Jogos Abertos de Santa Catarina foram criados em Brusque pelo desportista e brusquense Arthur Schlösser e tiveram sua primeira realização em Brusque no período de 7 a 12 de agosto de 1960.

 

Em 1956 Arthur Schlösser esteve em São Paulo colhendo informações e inteirando-se dos Jogos Abertos do Interior, que são realizados anualmente no estado de São Paulo, com a finalidade de criar em Santa Catarina uma competição semelhante.

 

Em 1957, 1958 e 1959, Arthur Schlösser custeou parte da ida das equipes da Sociedade Esportiva Bandeirante de Brusque aos Jogos Abertos do Interior de São Paulo de 1957, nas cidades paulistas de São Carlos, Piracicaba e Santo André, a fim de obter mais subsídios para que tivesse reais condições de criar os Jogos Abertos de Santa Catarina.

 

Na cidade de São Carlos em 1957 os dirigentes brusquenses mantiveram na Comissão Central Organizadora contato com Baby Barioni que fundou no ano de 1936 na cidade paulista de Monte Alto os Jogos Abertos do Interior.

 

Desde 1957 Arthur Schlösser vinha mantendo entendimentos e reuniões com desportistas e autoridades brusquenses para a fundação dos Jogos Abertos de Santa Catarina, incluindo sua primeira disputa no ano de 1960 como parte integrante oficial das comemorações do centenário de Brusque.

 

Em 1958, 1959 e até o início dos primeiros JASC, as reuniões comandadas por Arthur Schlösser - eleito Presidente da CCO - Comissão Central Organizadora - foram sendo realizadas regularmente, inicialmente no escritório de Arthur Schlösser, depois na S.E. Bandeirante, e por fim na sede da CCO no primeiro andar do edifício Centenário no centro de Brusque. O grande mérito de Arthur Schlösser não ficou tão somente na criação dos Jogos Abertos de Santa Catarina, mas sim na sua dedicação e consideráveis gastos para que a competição não sofresse solução de continuada continuada.

Fogo simbólico

Atualmente realiza-se em Brusque, na semana que antecede o início dos Jogos Abertos de Santa Catarina, a "cerimônia de acendimento do fogo simbólico" dos Jogos Abertos de Santa Catarina, e posterior transporte até a sede dos jogos.

A Cerimônia de acendimento do fogo simbólico é uma singela Solenidade mitológica grega que é realizada em Brusque, pois foi nessa Cidade que empresário e desportista Brusquense Arthur Schlösser criou em 1960 os Jogos Abertos de Santa Catarina.

A primeira cerimônia de acendimento do fogo simbólico dos JASC foi realizada em 1986 e em seguida iniciado o transporte da Tocha com o Fogo Simbólico para a cidade de Joinville onde foram realizados os XXVI Jogos Abertos.

Com informações da Rádio Aliança