G2-NOVO
Covid-19

Casal de idosos de Lindóia do Sul perde a vida por complicações do coronavírus

Homem faleceu no último fim de semana, em Concórdia. Já mulher morreu no hospital de Lindóia do Sul, nas últimas horas

19/03/2021 14h50
Por: Diego Salmon Franke
Fonte: Rádio Aliança
50
Desde o início da pandemia, a Amauc já acumula 151 vítimas fatais da doença.
Desde o início da pandemia, a Amauc já acumula 151 vítimas fatais da doença.

Um casal de idosos de Lindóia do Sul faleceu por complicações do coronavírus em menos de uma semana. A informação foi obtida pela reportagem da Aliança FM, junto ao setor de Vigilância Epidemiológica do município do Vale da Produção. O primeiro óbito aconteceu no domingo, dia 14. O segundo, nas últimas horas. 

 

De acordo com relatos, o idoso faleceu durante o último domingo, dia 14, no Hospital São Francisco de Concórdia. Ele tinha 81 anos e a morte já havia sido publicada pela emissora. Já a mulher, de 80 anos, que estava internada no Hospital Izolde Dalmora, de Lindóia do Sul, não resistiu aos efeitos da doença e faleceu nas últimas horas. Ela havia internado no dia 4 de março no Hospital São Roque, em Seara. Depois foi transferida para o Hospital São Francisco de Concórdia e, por fim, estava no Hospital Izolde Dalmora de Lindóia do Sul. Com isso, esse município já acumula seis mortes desde o início da pandemia.

 

Ainda conforme informações da Aliança FM, outras duas pessoas dessa mesma família estão internadas com a doença. Por outro lado, outras quatro já se recuperaram dos sintomas.

 

Além da morte da idosa de Lindóia do Sul, a microrregião também contabiliza um óbito de morador da cidade de Ipumirim, de 32 anos, que estava internado há 20 dias no Hospital São Francisco de Concórdia, faleceu nas últimas horas. Ele não tinha comorbidades e é o quarto óbito do maior município do Vale da Produção. Três dessas mortes aconteceram nesse mês.