G2-NOVO
Economia

Comitê prorroga pagamento do Simples Nacional

Segundo levantamento do Sebrae em parceria com a Fundação Getúlio Vargas, no segundo semestre de 2020 os pequenos negócios tiveram uma retomada significativa.

26/03/2021 10h51
Por: Diego Salmon Franke
Fonte: Sebrae/Receita Federal / Fazenda.gov.br
52
 No início deste ano, apresentaram nova queda.
No início deste ano, apresentaram nova queda.

Foi aprovado ontem (24/03), pelo Comitê Gestor do Simples Nacional (CGSN), a prorrogação dos vencimentos de impostos, por três meses, das empresas que se enquadram neste modelo de tributação.

A solicitação foi do Comitê Nacional dos Secretários de Fazenda dos estados e do Distrito Federal e abrange os seguintes tributos:

- Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ);
Contribuição Social sobre Lucro Líquido (CSLL);
- PIS/Pasep;
- Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (Cofins);
- Imposto sobre Produto Industrializado (IPI);
- Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS);
- Imposto sobre Serviços (ISS);
- Contribuição Patronal Previdenciária (CPP).

Segundo levantamento do Sebrae em parceria com a Fundação Getúlio Vargas, no segundo semestre de 2020 os pequenos negócios tiveram uma retomada significativa, mas no início deste ano, apresentaram nova queda.

Para o presidente do Sebrae, Carlos Melles, a medida é um alívio importante para os pequenos negócios, que continuam sofrendo com os impactos causados pela pandemia do novo Coronavírus.

As parcelas com vencimentos em abril, maio e junho poderão ser quitadas em seis meses a partir de julho.