G2-NOVO
Política

Carreata em favor do Governo Federal e contra os desmandos do STF e Governadores em Concórdia

Ato aconteceu em todo país

01/05/2021 23h26
Por: Diego Salmon Franke
Fonte: Atual FM
89
Em um momento da carreata os participantes pararam o trânsito próximo da Rua Coberta e cantaram o Hino Nacional.
Em um momento da carreata os participantes pararam o trânsito próximo da Rua Coberta e cantaram o Hino Nacional.

Concórdia – Uma carreata movimentou o centro de Concórdia na tarde deste sábado, dia 1º, em favor do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O movimento iniciou no parque de exposições e passou por algumas vias do Município. De acordo com as informações, a carreata foi organizada pelo Movimento Vem Pra Rua em Concórdia.

Em um momento da carreata os participantes pararam o trânsito próximo da Rua Coberta e cantaram o Hino Nacional. O movimento foi pacífico com acompanhamento também da Polícia Militar. 

Conforme as informações, o movimento – além do apoio ao Governo Federal – ainda defendeu o voto impresso, contra os desmandos do Supremo Tribunal Federal (STF) em Brasília e dos governadores, e na defesa do direito e ir e vir e de trabalhar. (fotos Portal Inconcas)

  • Carreata em favor do Governo Federal e contra os desmandos do STF e Governadores em Concórdia
  • Carreata em favor do Governo Federal e contra os desmandos do STF e Governadores em Concórdia
  • Carreata em favor do Governo Federal e contra os desmandos do STF e Governadores em Concórdia
  • Carreata em favor do Governo Federal e contra os desmandos do STF e Governadores em Concórdia
  • Carreata em favor do Governo Federal e contra os desmandos do STF e Governadores em Concórdia
  • Carreata em favor do Governo Federal e contra os desmandos do STF e Governadores em Concórdia
  • Carreata em favor do Governo Federal e contra os desmandos do STF e Governadores em Concórdia
  • Carreata em favor do Governo Federal e contra os desmandos do STF e Governadores em Concórdia
  • Carreata em favor do Governo Federal e contra os desmandos do STF e Governadores em Concórdia