G2-NOVO
COVID-19

Fechamento de leitos de hospital em Concórdia não tinham autorização do Estado

Secretário de Estado da Saúde confirma ao prefeito Rogério Pacheco que os repasses de recursos ao hospital seguem os mesmos

09/06/2021 22h51
Por: Diego Salmon Franke
Fonte: Prefeitura de Concórdia
335
André Motta Ribeiro deverá vir a Concórdia nos próximos dias.
André Motta Ribeiro deverá vir a Concórdia nos próximos dias.

 

Assuntos polêmicos recentes, envolvendo a área da saúde de Concórdia, estiveram em pauta na reunião agendada pelo prefeito Rogério Pacheco com o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro. O encontro realizado na tarde de quarta-feira, 9 de junho, em Florianópolis, com intermédio do deputado Marcos Vieira, teve também a presença da secretária Municipal de Saúde, Leide Mara Bender, o vereador Fernando Busetto e a técnica da Secretaria de Saúde, Silmara da Costa.

Entre os principais assuntos: fechamento de leitos para a Covid-19 no Hospital São Francisco e o extra teto (valores adicionais repassados ao hospital) pago pelo município.

Quanto aos leitos, o secretário André Motta Ribeiro foi muito claro e enfático ao afirmar que o Hospital São Francisco não teve a autorização do Estado para realizar a redução.

Até porque, o valor mensal repassado pelo Secretaria de Estado da Saúde segue igual. “Já cobramos a reativação imediata destes leitos. Eles seguem constando no sistema como leitos ativos”, afirmou o secretário.

O prefeito Rogério Pacheco demonstrou a preocupação do município quanto aos pagamentos de custos de internação hospitalar (média e alta complexidade), que estão excedendo, em valores consideráveis a cada mês.

“Nos últimos meses já foram pagos mais de R$ 4 milhões de extra teto.

Isso, até o fim do ano poderá chegar aos R$ 10 milhões bancados pelo município”, enfatizou o prefeito.

O secretário de Estado se comprometeu em verificar os números e reavaliar repasses.

Para dar um retorno efetivo sobre os assuntos tratados nesta reunião de quarta, André Motta Ribeiro deverá vir a Concórdia nos próximos dias.