CONCORDIA
Covid-19

Setor de eventos deve voltar a partir do mês de outubro, em Santa Catarina

Presidente da ACCASMUSC no Estado, afirma que a expectativa é muito positiva com os eventos testes.

06/07/2021 10h10
Por: Diego Salmon Franke
Fonte: Rádio Rural
67
A realização de eventos testes foi anunciada pelo governador Carlos Moisés como uma possibilidade para o segundo semestre
A realização de eventos testes foi anunciada pelo governador Carlos Moisés como uma possibilidade para o segundo semestre

Com a publicação de uma nova portaria no Diário Oficial, o Governo do Estado pretende liberar eventos de grande porte, com a participação de mais de 500 pessoas,  para quase todos os níveis de risco – menos para o potencial de risco altíssimo, em Santa Catarina.

Esta nova portaria agrada e muito o setor de eventos em todo o Estado. Com as atividades suspensas há mais de um ano e quatro meses, o setor tem convivido com muita dificuldade em todo o período da pandemia. Muitos músicos e artistas tiverem que deixar a profissão de lado e buscar outras oportunidades no mercado de trabalho para conseguirem sobreviver e cumprir com suas obrigações financeiras. Entre todas as atividades econômicas, o de eventos é o que mais foi prejudicado.

O Presidente da Associação Catarinense das casas de shows, músicos, artistas e promotores de eventos do Estado de Santa Catarina (ACCASMUSC), Sandro Fortes, comenta sobre a expectativa da retomada das atividades e dos eventos testes que serão realizados durante o mês de julho.

"Durante o mês de julho teremos eventos testes que serão realizados em todo o estado. Desta forma poderemos avaliar a situação e teremos uma expectativa de como será a retomada das atividades. Devido ao trabalho que fizemos junto a associação e ao governo do estado, para conseguirmos as liberações, nós somos o único estado no brasil que está saindo na frente, ainda com as devidas restrições, enquanto os demais ainda seguem proibidos de prosseguir com suas atividades de eventos. Sabemos que o atual momento é delicado, necessitamos da compreensão das pessoas e precisamos unir forças para alcançarmos o nosso objetivo, que é o fim do vírus que está assolando todo o nosso país", avalia o presidente.

"Nós também temos uma responsabilidade com a vida das pessoas, não somente com os eventos. É um trabalho delicado, onde visa o bem estar da sociedade. Mas, não podemos negar o fato que várias empresas da nossa atividade econômica está penando uma árdua dor. Muitos estão inconformados com o atual momento em que estamos vivenciando." afirma Sandro Fortes.

Com o avanço da vacinação em todo o estado de Santa Catarina, o presidente da ACCASMUSC, acredita que em breve, os eventos deverão ser normalizados em todo o estado, seguindo todos os protocolos sanitários.
"Com a vacinação que está chegando, temos a certeza que as atividades devem voltar ainda este ano. Nossa expectativa é para os meses de outubro e novembro. Quem estiver vacinado poderá participar dos eventos. O controle será feito através da carteirinha de vacinação. Quem não estiver vacinado, não poderá participar", salienta Fortes.

"A nossa expectativa é positiva. Estamos trabalhando bastante, enfrentando muitas barreiras durante todo este período. O setor de eventos, foi o primeiro a parar e, será o último a voltar. Não podemos pensar que está tudo resolvido, precisamos continuar com os cuidados. Nossas atividades devem voltar gradativamente com a liberação por parte do governo do estado para os eventos em massa. Assim, logo estaremos de volta, graças ao trabalho que está sendo desenvolvido pela ACCASMUSC em conjunto com o governo e demais autoridades sanitárias" finaliza Sandro Fortes.

A realização de eventos testes foi anunciada pelo governador Carlos Moisés como uma possibilidade para o segundo semestre, já que a vacinação tem avançado no estado e há a previsão de vacinar toda a população adulta até o fim de outubro.