G2-NOVO
Futebol

Próspera pode desistir do Catarinense 2022. Criciúma ficaria com a vaga?

Um dos motivos seria a parte financeira.

24/08/2021 21h12
Por: Diego Salmon Franke
Fonte: Polidoro Júnior
822
Uma solução seria o Próspera mandar seus jogos em Tubarão ou até Florianópolis.
Uma solução seria o Próspera mandar seus jogos em Tubarão ou até Florianópolis.

 

No Sul de Santa Catarina, entre imprensa e torcedores, o assunto é a possível desistência do Próspera do Catarinense 2022.

Um dos motivos seria a parte financeira, porque o Próspera teria que investir na troca do gramado e melhorias nas instalações do estádio, como por exemplo, novo sistema de iluminação e reforma dos vestiários. Esquece, pois dinheiro para tudo isso, não há, muito menos algum Plano B.

O segundo entrave seria onde atuar, porque o presidente Anselmo Freitas já adiantou que o estádio Heriberto Hülse, principalmente o gramado, será preservado para o time carvoeiro e não há intenção em emprestar o estádio para o Próspera, o que aconteceu neste ano de 2021.

 

Uma solução seria o Próspera mandar seus jogos em Tubarão ou até Florianópolis, mas os custos com aluguel de estádio, deslocamentos e concentração em hotéis, são caros e não há ajuda de ninguém. Ao que parece, tudo fora de cogitação.

Sem virada de mesa

Se o Próspera confirmar a desistência, o clube de Criciúma será rebaixado para o Catarinense Série B.

E ninguém vai herdar a vaga do Time da Raça. 0 torcedor do Criciúma, alvoroçado, acha que isso é possível, porém o Tigre não vai escapar de disputar o Catarinense Série B.

Diretor Jurídico da FCF, Rodrigo Capela adiantou que “em caso de desistência, o clube será rebaixado para a Série B e não será substituído por nenhum clube como prevê o artigo 131 do Regulamento Geral de Competições da FCF.

Com isso, a competição (elite de SC) será disputada por 11 clubes”. Capela comentou que não acredita na desistência do Próspera.

Foto: Imprensa/EC Próspera