G2-NOVO
COVID-19

Reunião entre Poder Público e entidades avalia campanha de vacinação no município

Ações de prevenção e incentivo à vacinação foram discutidas no encontro que aconteceu no Centro Cultural

25/08/2021 10h01
Por: Diego Salmon Franke
Fonte: Prefeitura de Concórdia
39
O município aguarda também comunicação oficial, por parte do governo estadual, sobre assuntos como vacinação de adolescentes e aplicação de terceira dose.
O município aguarda também comunicação oficial, por parte do governo estadual, sobre assuntos como vacinação de adolescentes e aplicação de terceira dose.

A Administração Municipal promoveu uma reunião nesta terça-feira, 24 de agosto, com a força-tarefa de enfrentamento à Covid-19, forças de segurança e entidades como ACIC, CDL e FIESC, para fazer uma avaliação da campanha de vacinação realizada no município e demais estratégias adotadas desde o início da pandemia, bem como as novas ações para garantir a abrangência da vacinação e prevenção contra novas variantes.

O prefeito Rogério Pacheco, que conduziu o encontro, enfatizou que Concórdia está entre as cidades que mais vacinam proporcionalmente, por conta da logística adotada desde a chegada das primeiras doses, com a estruturação no Parque de Exposições para aplicação da vacina no modelo drive-thru.

Também somos exemplo no Estado sobre as ações de enfrentamento desde o início da pandemia, que impactou no baixo percentual de letalidade da doença, evitando também que o sistema de saúde entrasse em colapso na pior fase da pandemia, quando aconteceu a segunda onda, que atingiu gravemente município da região, como Chapecó e Xanxerê. 

Os desafios agora são garantir a cobertura total de vacinação e seguir os protocolos sanitários para prevenir a contaminação por novas variantes.

Representantes das entidades que participaram do encontro, se colocaram à disposição para incentivar campanhas sobre vacinação, especialmente a importância de completar a imunização, comparecendo à segunda dose da vacina. Outra preocupação é seguir com os cuidados como uso de máscara e álcool em gel, distanciamento e ventilação de ambientes, para que não ocorra surtos de novas variantes, impedindo que Concórdia, e a região como um todo, não piore o desempenho no mapa de risco do Estado, que no momento encontra-se na situação alta (amarelo).

A Secretaria de Saúde aguarda a chegada de novas doses, que são enviadas pelo Governo do Estado, para ampliar a vacinação para faixa etária de 18 anos ou mais, concluindo a imunização nos adultos.

O próximo passo é a busca ativa das pessoas que não se vacinaram por algum motivo e também do público faltante da segunda dose.

O município aguarda também comunicação oficial, por parte do governo estadual, sobre assuntos como vacinação de adolescentes e aplicação de terceira dose.